Arquivo | Variedades RSS feed for this section

Variedades | Tim Burton’s Pokemon

5 nov

Leia o post, ouvindo:

Que Pokemon fez parte dos nossos sonhos de infância, não há dúvidas. Que os filmes do Tim Burton são inspiradores, muito menos. Mas, e se alguém juntasse o útil ao agradável? Tipo, Pokemons by Tim Burton? Não é impossível, tanto que os caras do 9GAG acabaram publicando algumas ilustrações de Pokemons, inspirados nas ideias do fantástico Burton.

Abra

Butterfree

Charmander

Jigglypuff

Mankey

Meowth

Pikachu

Poliwag

Primeape

Rattata

Sandslash

Squirtle

Venomoth

Venonat

Vulpix

Olhando bem, eles dariam ótimas tattoos, né? haha

Beijos do Sé! :*

Variedades | A magia da ‘Street Art’

16 out

Leia o post, ouvindo:

Você com certeza, já deve ter percebido aquelas famosas intervenções artísticas ao andar pelas ruas da sua cidade. Esse tipo de trabalho que já foi, injustamente, chamado por muitos de vandalismo, hoje é reconhecido como Street Art, e tem ganhado inclusive exposições e prestígio em vários países.

Em uma das minhas vasculhadas pelo Tumblr, encontrei um post sobre o assunto, na página rollercoasters. Dá só uma olhada!

tumblr_mtyibuIzY71rc69myo1_1280

tumblr_mtyibuIzY71rc69myo2_1280

tumblr_mtyibuIzY71rc69myo3_1280

tumblr_mtyibuIzY71rc69myo4_1280

tumblr_mtyibuIzY71rc69myo5_1280

tumblr_mtyibuIzY71rc69myo6_1280

tumblr_mtyibuIzY71rc69myo7_1280

tumblr_mtyibuIzY71rc69myo8_1280

tumblr_mtyibuIzY71rc69myo9_1280

tumblr_mtyibuIzY71rc69myo10_1280

E aí, o que acharam? Incrível, né?

Beijo do Sé, e até a próxima.

Presentes de um Passado: O que fazer com os presentes que seu ex te deu?

23 set

Leia o post, ouvindo:

Você está de boa, curtindo sua vida, até que conhece aquele cara que te faz sorrir feito bobo, que te faz sonhar, planejar uma vida juntos. Começa aquele mimimi: ursinho pra cá, cartinha pra lá, cd com dedicatória… mas o que fazer quando esse sonho todo acaba? Você é maduro o suficiente para encarar as lembranças de um relacionamento que não deu certo? Ou você é daqueles que acha que ex bom, é ex morto?

tumblr_mth94btXA01sv31y4o1_500

No final da semana passada, lancei a seguinte pergunta pros meus seguidores do Twitter:

Presentes de ex

(…) e para a minha surpresa, as respostas foram bem variadas. Não que eu esperasse que elas tivessem a mesma linha de raciocínio, mas quando estamos falando de relacionamentos que não deram certo, até eu (que sou amigo de alguns ex namorados até hoje) guardo uma certa mágoa, por eles terem tomado um rumo que não era esperado. Porque convenhamos, ninguém começa um relacionamento esperando que lá na frente ele venha por água abaixo. No fundo, mesmo que involuntariamente, a gente faz aqueles planos para um futuro, que a gente espera que seja “eterno”.

Olha só as replies que eu recebi:

– DEVOLVER JAMAIS!:

1

A resposta do nosso amigo aí de cima, foi mais do que sensata. Ninguém merece ter que terminar um namoro e no outro dia, acordar com a sua campainha tocando, e do outro lado da porta, o seu ex com uma caixa imensa querendo te devolver todos os presentes. Inclua aí vidros de perfume pela metade, ursos de pelúcia com o olho faltando, camisas usadas, cuecas furadas, acho melhor parar por aqui. A dica é: Terminou, e não quer lembrar da pessoa? Faz uma doação para entidades beneficentes. É bem mais digno do que devolver tudo!

– GUARDAR COMO RECORDAÇÕES:

3

6

Essas replies foram as que eu mais me identifiquei. Guardo tudo, sim! Me julguem! Desde cartinhas, bilhetinhos, ursos ou objetos que lembrem algum momento especial. Guardo porque gosto de relembrar momentos que, mesmo já tendo acabado, me fizeram feliz, mesmo que por um curto espaço de tempo. Gosto de viver essa nostalgia. Lembrar de coisas que talvez não voltem mais, e eu não tenho problemas algum em falar com meus ex namorados, a não ser que o namoro tenha terminado de uma forma não tão agradável, como já aconteceu.

– FAZ MACUMBA! OY!?:

2

Definitivamente pare, por aí! Estou considerando até agora que essa replie foi uma brincadeirinha para descontrair, haha. Porque na boa, essa raiva no coraçãozinho não vai te levar a lugar algum. Desapega dessa macumba, solta a galinha preta e, se os presentes fazem você lembrar alguém que te fez mal, faz como o carinha da primeira dica: Doa pra alguém. Agora macumba pra ex é cilada! Caia nessa não.

Desmistificando os dreads

28 ago

Leia o post, ouvindo:

Esse post tem como principal dever, acabar com qualquer tipo de mito ou preconceito para com os garotos e as garotas que usam dreads ou rasta.

tumblr_mk2f4aNmEz1rs08qbo1_500

Ao contrário do que a maioria pensa, os dreadlocks não surgiram com Bob Marley e os seguidores da onda reggae. Nem tampouco com os hippies e a filosofia do “Peace and Love”. Na verdade não sabe-se ao certo quando começou, mas as tribos africanas já se utilizavam desta técnica há muito tempo atrás. Lógico que naquela época, as pessoas não tinham todos os produtos que temos hoje, para cuidar e tratar das madeixas, e ter o cabelo cheio das famosas trancinhas, representava um sério risco de higiene.

Nos dias de hoje, a história é bem diferente. Existem várias técnicas e maneiras para deixar o seu dread limpo, uma delas é lavar o cabelo todos os dias (Parece trabalhoso, e é na realidade, mas vale a pena), uma outra dica é secá-lo bem, para que ele não acumule fungos e fique com mau cheiro por causa da umidade.

Dreads 1

Mas apesar de toda a sua história carregada de estilo e personalidade, o dread também gera preconceitos. Talvez por carregar consigo uma imagem que não é muito comum em determinados grupos sociais, ou por bater de frente com o que é considerado comum pela sociedade (cabelo liso, por exemplo). Vou confessar pra vocês, que eu, particularmente acho mega charmoso, e um demonstrativo de personalidade, quando os carinhas e as garotas se deixam assumir o cabelo, sem importar com a opinião alheia. Se você está bem assim, é isso o que importa.

tumblr_mkul2vsaF91snrs4ao1_500

tumblr_mls9ntrFIn1rqx1jgo1_500

Para quem tem cabelos curtos, a dica é fazer a aplicação do dread com lã, que é como se fosse uma espécie de aplique.

Na foto: Samuel Larsen, participante da primeira versão do reality, Glee Project .

Na foto: Samuel Larsen, participante da primeira versão do reality, Glee Project .

Então, é isso! Beijão e até a próxima, queridos.

Um dia. Dois pais.

11 ago

Esses dias me peguei pensando, em como seria viver em um mundo em que não fosse considerado, no mínimo estranho, um filho comemorar o dia de hoje com dois pais, sendo eles gays. É impressionante como ainda hoje, existem crianças que sofrem preconceito, na sociedade em geral, por ter como tutores, dois homens que se amam.

Abaixo você vê o depoimento da atriz Ana Karolina Lannes, filha de pais gays:

Já ouvi desculpas do tipo, “é vergonhoso para uma criança” ou “imagina o peso que essa criança vai ter que carregar a vida inteira!”. Sério, vem cá! Que tipo de peso ou vergonha você acha que uma criança vai passar, por ter um casal de homens como pais? Quer dizer que um filho de pais heterossexuais, não passa por problemas similares ou até piores em sua família? Quantos casais heteronormativos vivem infelizes uma vida de fachada, para não irem contra os dogmas ultrapassados de uma sociedade cada vez mais perversa e hipócrita?

O preconceito começa dentro de casa, a partir do momento em que você não explica pros seus filhos que existem diferentes tipos de pessoas no mundo, e que essas pessoas podem se relacionar com quem elas bem entenderem, sem ninguém ter nada a ver com a vida sexual delas. E que sim, são uma família como qualquer outra. O preconceito está quando você ignora quando seu filho chega em casa, da escola, rindo do coleguinha por ele ter dois pais ou duas mães.

Pesquisando sobre o assunto, encontrei este depoimento de um pai em uma reportagem da UOL, sobre como pais homossexuais contaram aos seus filhos, sobre seus relacionamentos:

Recentemente, o cabeleireiro Vasco Pedro da Gama, 40 anos, de Catanduva (SP), perguntou à filha: “As crianças costumam mexer com você por minha causa?”. “Sim, algumas vezes. Na perua escolar”, ouviu como resposta. “E o que elas dizem?”, continuou. “Dizem que você é gay, que tem namorado. Eu respondo que é verdade, e algumas dão risada”. Vasco insiste: “E você se incomoda com isso?”. “Não, porque é verdade. E se vocês se gostam, qual o problema? Vai saber se na casa delas os pais gostam das mães”.

Mais abaixo, você confere fotos de papais famosos que enfrentaram o preconceito, e assumiram suas famílias publicamente (fotos retiradas do blog da Lilian Pacce):

Ricky Martin com Valentino e Matteo, gerados em barriga de aluguel.

Ricky Martin com Valentino e Matteo, gerados em barriga de aluguel.

O ator Neil Patrick Harris e David Burtka com os gêmeos Harper Grace e Gideon Scott.

O ator Neil Patrick Harris e David Burtka com os gêmeos Harper Grace e Gideon Scott.

Robert Duffy, CEO da Marc Jacobs, com Victoria, adotada durante seu casamento com Alex Cespedes.

Robert Duffy, CEO da Marc Jacobs, com Victoria, adotada durante seu casamento com Alex Cespedes.

O ator Matt Bomer tem 3 filhos com o publicitário Simon Halls.

O ator Matt Bomer tem 3 filhos com o publicitário Simon Halls.

Amor à vida Niko e Eron convidaram Amarylis pra gerar seu filho.

Amor à vida Niko e Eron convidaram Amarylis pra gerar seu filho.

Tem ainda a história do Guto Ferrares, de 25 anos, que adotou a menina Ana Clara (10), neta de traficantes e vítima de um acidente com fogos que a cegou. Hoje eles são uma linda família, e ela tornou-se Mini Miss Brasil 2013.

Guto e Ana Clara.

Guto e Ana Clara.

A todos vocês, incansáveis, que dão amor e carinho aos seus filhos, independente do que pense a sociedade, um Feliz dia dos pais.

Chiquititas: A Nostalgia está no ar!

8 ago

Conhecido por sempre colocar no ar, grandes sucessos da nossa infância como ‘Chaves’, ‘Passa ou Repassa’, além das inesquecíveis novelas mexicanas, o SBT acabou descobrindo um caminho que está lhe rendendo bons frutos. Primeiro, nos deparamos com uma leitura atual e divertida para a já conhecida trama de Cirilo, Maria Joaquina e as crianças da Escola Mundial. Resultado? Sucesso de audiência e crítica, e até promessas de uma suposta segunda temporada da trama. Pegando carona no sucesso de ‘Carrossel’, a emissora lançou logo em seguida o remake de ‘Chiquititas’, que euzinho não perco um dia sequer.

Chiquititas na década de 90.

Chiquititas na década de 90.

Chiquititas hoje.

Chiquititas hoje.

O sucesso de Chiquititas, me traz a tona as melhores lembranças de uma infância intensamente vivida. Quem nunca sonhou em morar no orfanato ‘Raio de Luz’, na década de 90? Lembro como se fosse hoje dos meus sonhos com a Mili, o Samuca e a Fran, hahaha :3

O que eu sei, é que essa novelinha trouxe de volta uma criancinha que estava escondida aqui dentro, em algum lugar. E não adianta assistir a nova versão, achando que vai encontrar uma cópia da versão passada. Novos tempos! O lance é curtir e relembrar as músicas e os personagens que fizeram da década de 90, a melhor de todas.

Clipe de ‘Tudo, Tudo’ na década de 90:

Clipe de ‘Tudo, Tudo’, na versão 2013:

Chiquititas vai ao ar de Segunda a Sexta, às 20:30 Hrs no SBT.

Até a próxima, meus lindos ;*

#OrgasmoDay (Dia Mundial do Orgasmo)

31 jul

Leia o post, ouvindo:

Ai que Badalo! Pra você que não sabe, o Dia do Orgasmo foi criado por uma rede inglesa de Sex Shop , há 4 anos atrás, e desde então é comemorado todo dia 31/07. Muito mais do que uma brincadeira, essa data foi intitulada para que as pessoas sintam-se estimuladas a terem orgasmos, ao transar.

Quantas mulheres apenas fingem essa sensação, para agradar ao marido? E quantas mulheres sentem-se apenas como objetos sexuais dos seus maridos, achando perfeitamente normal não ‘gozarem’ ao terminar uma transa? O normal é que os dois cheguem ao clímax, de preferência juntos e que haja, acima de tudo, parceria na hora da relação.

O sexo não pode ser tratado como um tabu, nem tampouco o orgasmo. Vocês já pararam pra pensar que nós TODOS somos frutos de um orgasmo? Calma, não estou falando pra vocês saírem por aí, fazendo a “louca pecaminosa” transando com todo mundo. A questão é que, A MAIORIA DAS MENINAS NÃO TÊM ORGASMOS, AO TRANSAR COM SEUS PARCEIROS! Enquanto que os mesmos, acham perfeitamente normal que apenas eles “cheguem lá”, de fato.

Levando em consideração que em alguns grupos sociais ou religiosos, mulheres são proibidas de sentir prazer, e homens gays têm seus desejos reprimidos, ambos por causa de uma sociedade machista e homofóbica, o #OrgasmoDay (assim apelidado no Twitter), foi criado para discutir até que ponto essas questões podem interferir na vida social e no psicológico dessas pessoas. Além de conscientizar a sociedade para o uso do preservativo, como em questões mais simples como a educação sexual nas escolas.

Bom, essa foi a minha contribuição no Twitter, para o #OrgasmoDay:

Orgasmo Day

E convenhamos, orgasmo não é nenhum bicho de sete cabeças, se você não teve ainda, provavelmente terá no decorrer da vida, haha 😀